EXAME DO POVO: UM MÉTODO DE AVALIAÇÃO DO ISET - ONE WORLD


Priscila Marizane

Exame do povo

A real conjuntura social e económica vivenciada no mundo actual é desafiante, e exige que os programas de ensino implementados em instituições de todos os níveis adoptem métodos adequados a tais circunstâncias. As Instituições de Ensino Superior têm um papel de extrema importância na construção do conhecimento para o desenvolvimento.
Os cursos de carácter inteiramente social constituem um meio para que o desenvolvimento aconteça, e necessitam de programas e métodos de ensino mais desafiantes para o estudante sob ponto de vista de teoria e prática.

O ISET - One World faz parte da lista de Instituições de Ensino em Moçambique a ministrar cursos de natureza social, a título de exemplo: o curso antes designado Desenvolvimento Comunitário e recentemente Educação para o Desenvolvimento Comunitário. No seu programa de ensino, a componente prática é encarada como um meio para a transformação social, com enfoque para as classes sociais de renda baixa.

A estrutura do programa de ensino obedece períodos, e cada período tem a sua designação com base nas disciplinas que competem ao mesmo período. Existem disciplinas conducentes a actividades práticas em comunidades rurais e urbanas, tais disciplinas compreendem: Estudos de Desenvolvimento, Parceria em Desenvolvimento, Pesquisa e Acção Social e Gestão de Projectos de Desenvolvimento.
As componentes teórica e prática de campo são dadas por meio da implementação de projectos sociais pelos estudantes.

Os projectos de iniciativa dos estudantes são baseados em conhecimentos teóricos obtidos no ISET - One World. Conhecimentos relacionados com pobreza, desenvolvimento, desenho e implementação de projectos de desenvolvimento com base em recursos convencionais e não convencionais.
As áreas observadas nos projectos dos estudantes são abrangentes e seguem a conjuntura social e económica das comunidades, sendo que estas incluem: Agricultura familiar e sustentável, Saneamento do Meio, Meio ambiente, Nutrição, Saúde preventiva, Participação comunitária, Habitação, Economia familiar, Empreendedorismo, Empoderamento da mulher, Gestão de Conflitos comunitários, Associativismo, etc.
No processo da promoção da participação comunitária são fundamentais as seguintes etapas: "a consciencialização, a organização social da população e a capacitação” Francisco (2010:69).
Estas etapas são observadas pelos estudantes do ISET - One World na execução dos projectos e são importantes para o seu sucesso.
A implementação do projecto do estudante, culmina com um exame na comunidade, adaptado pelo ISET - One World e designado de “Exame do Povo”.

1. A percepção do Exame do Povo e as suas directrizes

Consideremos que a consecução do desenvolvimento comunitário, exige principalmente a participação comunitária no seu processo, dado que o desenvolvimento da comunidade é “um movimento destinado a promover a melhoria de vida de toda a população comunitária com a participação activa e, se possível, por iniciativa da comunidade, mas se esta iniciativa não surgir espontaneamente, por meio de emprego de técnicas que a façam surgir e a estimulem a fim de assegurar sua resposta activa e entusiasta do movimento” (CBCISS, Sousa. 1999:40, citado por Francisco, 2010:69).
O exame do Povo é resultante da participação activa dos habitantes locais nos projectos sociais desenhados e levados a cabo por estudantes do curso de Educação para o Desenvolvimento Comunitário. Portanto, é um método de avaliação inclusiva, que consiste no depoimento/testemunho dos membros da comunidade, sobre as mudanças positivas que os projectos liderados pelos estudantes trouxeram para as suas vidas e da comunidade em geral.

image pris1 ISET - One World

2. Praticalidades no campo

A componente prática da formação em cursos de cariz social, deve originar actores sociais mergulhados na realidade comunitária, e cobrir a insuficiência de conhecimentos reais aos problemas comunitários.
A prática de campo presente no programa de ensino no ISET - One World, possibilita a compreensão realística da vida comunitária. O estudante fica alojado no campo durante o período de vigência do seu projecto, que pode durar de 3 a 10 semanas dependendo da exigência da disciplina em questão. ”É um período muito prático onde o estudante usa tudo o que aprendeu até aquele momento: sua capacidade de analisar a situação das famílias carenciadas, de angariar fundos para a luta, de organizar de um modo prático e implementar, e de colocar as coisas numa perspectiva mais ampla” (HUMANA PEOPLE TO PELOPLE Movement,2008:124).

image pris3 ISET - One World

Findo o período de implementação do projecto, é responsabilidade do estudante, aplicar mais uma vez a técnica de mobilização comunitária, reunindo todo o grupo-alvo do seu projecto (directos e indirectos, incluindo a liderança da comunidade) para participarem no exame do povo.
Participam como avaliadores, os professores do ISET - One World, o líder comunitário e o grupo alvo.
O estudante apresenta todo o roteiro do seu projecto a todos os presentes, demonstrando a aplicação dos conhecimentos teóricos na prática. O grupo alvo é convidado a intervir testemunhando os feitos do projecto, o empenho do estudante, e o impacto do projecto para a comunidade. A oportunidade de fala é concedida a todos sem distinção de género, raça e outras diferenças, isto significa que homens e mulheres expressam o seu sentimento.
No final da apresentação, é atribuída uma nota ao estudante, baseada nas actividades do projecto e testemunho do grupo alvo.
A nível de Moçambique, já foram implementados projectos em mais de 100 comunidades rurais e urbanas. No entanto, mais de 100 comunidades viram-se incluídas e capazes de contribuir para o seu desenvolvimento.

3. Impacto para a Comunidade, Estudantes e o ISET - One World

O senso de participação desperta a comunidade sobre a importância que ela detém no processo de desenvolvimento independentemente do seu nível social, o que torna-a mais activa. O exame do povo tem um impacto significativo para as comunidades, ao revelar-se uma ferramenta de avaliação necessária que responde aos problemas de exclusão social, a que muitas encontram-se sujeitas.
A realização do exame do povo transforma a consciência comunitária na medida em que as comunidades sentem capazes de agir para melhoria das suas condições de vida.
O impacto significativo é extensivo aos estudantes e ao ISET - One World. Ao estudante porque sente-se capaz de enfrentar os problemas sociais, inserindo dinamismo, sendo que tira-lhe o senso de individualismo e o torna inclusivo, e passa a encarar as pessoas e suas organizações sociais como armas indispensáveis no combate a pobreza.
A adopção pelo ISET - One World do exame do povo como método de avaliação, visibiliza uma instituição que tem no seu programa de ensino uma ferramenta de contribuição para o almejado desenvolvimento. No entanto, é necessário que mais instituições de ensino, adoptem métodos de ensino e aprendizagem conducentes à realidade das comunidades locais.

image pris2 ISET - One World

Sugestões de mais artigos para ler

SOBRE O ISET - ONE WORLD

O INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO E TECNOLOGIA - ONE WORLD (ISET - One World) é uma Instituição pertencente à entidade instituidora ADPP – Moçambique e a sua criação foi autorizada pelo Conselho de Ministros através do decreto número 33/2005 de 23 de Agosto e com o estatuto actualizado autorizado pelo decreto numero 92/2019 de 10 de Dezembro.

Cursos Disponíveis

CURSOS DE MESTRADO

CURSOS DE LICENCIATURA

CURSOS DE CURTA DURAÇÃO

CURSOS DA ANEP